Polícia Civil cumpre ordem de prisão de acusado de estuprar mulheres em Castanhal

Preso

 

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), de Castanhal, cumpriu dois mandados judiciais de prisão expedidos contra Genivaldo Souza Costa, acusado de praticar diversos crimes de estupro contra mulheres no município. As ordens de prisão foram emitidas pelas 3ª e 4ª Varas de Justiça da Comarca da região. Genivaldo foi apontado, no mês de fevereiro deste ano, como autor de atos de violência sexual em boletins de ocorrências registrados na Delegacia.

A delegada Luzia Wanzeler, titular da DEAM de Castanhal, apurou que, em todos os caso denunciados por meio das ocorrências, as vítimas relataram que o suspeito tinha o mesmo modo de agir. “Ele abordava as mulheres, que aguardavam ônibus, na rodovia BR-316, perímetro de Castanhal, e a elas se identificava como motorista de táxi-lotação. O estupro ocorria dentro do carro, quando ele ficava sozinho com a vítima”, detalha a policial civil.

Numa dessas investidas, uma das vítimas anotou a placa do carro do suspeito, o que levou a equipe de policiais civis da DEAM de Castanhal a investigar e descobrir a identidade do acusado. O trabalho foi realizado pelos investigadores Azevedo, Marcos e Pereira, e escrivã Socorro Maciel, sob a coordenação da delegada Luiza Wanzeler.

Ao ser preso, o acusado admitiu a autoria dos crimes sexuais, mas alegou que tudo aconteceu com o consentimento das vítimas. Para a delegada, a prisão de Genivaldo Costa foi uma questão de honra. Ela ressaltou que o tdrabalho investigativo contou com apoio do delegado Temmer Khayat e do investigador Sena, ambos da Delegacia de Homicídios de Castanhal.