Polícia Civil deflagra operação "Castanheira" para combater crimes ambientais em Pacajá

Serraria clandestina

 

Combate a crimes ambientaisA Polícia Civil deflagrou, nesta quinta-feira, 22, a operação "Castanheira", para combater a extração ilegal de madeira e outros crimes ambientais, na região de Pacajá, no sudeste do Pará. Três pessoas foram presas em flagrante com armas, motosserras e um trator-rampa usado para derrubar árvores na mata.

Ainda, durante a operação, uma serraria clandestina foi fechada. A ação policial foi deslanchada por volta de 5 horas da manhã. 

O delegado Arthur Nobre, responsável pela operação, explica que a ação policial foi realizada na estrada vicinal conhecida como Três Barracos, no km 238, da rodovia BR-230 (Transamazônica), em Pacajá. 

Estiveram em atuação no local policiais civis das Delegacias de Pacajá e Novo Repartimento. Durante a incursão, os policiais apreenderam na área três espingardas de calibre 32 em posse dos acusados.

Eles foram encontrados em uma serraria clandestina dentro da mata, caracterizando extração e beneficiamento no local de madeira retirada da natureza. A equipe policial foi formada pelos investigadores Rogério Pegado, Alessandro Cardoso, Claudio Dias, Sergio Caldeira e Sidney Almeida, sob coordenação do delegado. Arthur Nobre ressalta que existem outras áreas exploradas ilegalmente e, para combater essa prática criminosa, outras operações serão realizadas na região.