Polícias Civil e Militar prendem oito envolvidos em crimes em Igarapé-Açu

Arma apreendida com preso

 

As Polícias Civil e Militar divulgaram, nesta quarta-feira, 8, os resultados das operações integradas realizadas, nos últimos dias, visando combater crimes na região de Igarapé-Açu, nordeste paraense. Ao todo, oito pessoas foram presas, quatro armas de fogo foram apreendidas e três motocicletas roubadas foram recuperadas no município. Um dos presos é Wagner Monteiro de Almeida, conhecido como "Guga", acusado de arrombar uma residência e furtar vários objetos do local. Ele já havia sido preso pelo crime de roubo e estava a menos de um mês em liberdade. Wagner é suspeito de praticar uma série de furtos e roubos na cidade.

Outro preso é Eudeson Andrade Pinheiro acusado de tentar matar a própria mãe. Segundo o delegado Augusto Damasceno, titular da Delegacia de Igarapé-Açu, o criminoso é muito conhecido na região do Vila do Prata onde é considerado perigoso. Ele estava usando tornozeleira eletrônica de monitoramento do sistema penitenciário por estar em prisão domiciliar. Eudeson foi preso por policiais militares quando estava conduzindo uma motocicleta embriagado. Na Delegacia, ele ameaçou de morte os policiais civis e militares do município.

Os policiais prenderam, com base na lei Maria da Penha, Emerson Carlos Sousa da Silva, acusado de ameaçar de morte a ex-companheira pela terceira vez. Além dele, Cleiton Pereira Monteiro também foi preso acusado de agredir fisicamente a irmã. Cleiton já tinha um mandado de prisão preventiva pelo crime de roubo em aberto contra ele. A quarta pessoa presa foi Maycon Douglas Conde Monteiro, pelo crime de tráfico de drogas. Com ele, foi apreendida uma pedra de óxi. Na Delegacia, foi constatado que ele já respondia pelo crime de roubo no município de Marituba.

Ainda por tráfico de drogas, foi preso também Anderson Silva da Costa. Ele estava vendendo cocaína em via pública no momento da prisão. Pelo crime de porte ilegal de arma de fogo foi preso Marco Antônio Pinheiro de Sousa. A prisão ocorreu na zona rural de Igarapé-Açu e com ele foi apreendido um revólver calibre 38. Por fim, foi preso foi Deivid Costa de Araújo, pelos crimes de desacato e resistência. Com ele foi apreendida uma motocicleta que havia sido roubada dias antes na cidade de Castanhal. As operações irão continuar com o intuito de combater diversos tipos de crime na cidade.