Polícia Civil flagra quadrilha de assaltantes no momento de roubo em Ananindeua

 

A Polícia Civil prendeu em flagrante, nesta quarta-feira, 7, Wesley Antônio Aviz dos Santos, 19 anos; Marcos Fabrício Sanches Franco, 18; Fábio Junior Tavares da Costa, 25, de apelido “Avatar”, e Nailton Sandro da Silva Batista, 19, durante tentativa de assalto ao funcionário de uma empresa de produtos alimentícios, em Ananindeua, na Grande Belém. Com os presos, um revólver com munição foram apreendidos. As prisões foram efetuadas por uma equipe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), que realizava uma investigação sobre tráfico de drogas, no município.

Arma e muniçãoA delegada Cláudia Renata Guedes, responsável pelo flagrante, explicou que a equipe policial da DRE, formada pelos investigadores Gomes, Luizinho, Abreu, Da Silva e Cleide, trafegava em uma viatura, na rodovia Mário Covas, em Ananindeua, por volta de 10 horas da manhã, quando os policiais civis avistaram uma pessoa armada como passageira de uma motocicleta, que trafegava no local. Durante a abordagem, os dois ocupantes do veículo – Wesley e Marcos Fabrício - foram presos em flagrante. Eles confessaram aos policiais que pretendiam interceptar e assaltar o funcionário de uma empresa de produtos alimentícios, que havia acabado de sair de motocicleta da sede da firma, situada na rua Arterial 18, na Cidade Nova. 

Ainda, conforme a delegada, o funcionário seguia até a filial, localizada no início da rodovia BR-316, para onde levava mais de R$ 8 mil da renda da empresa. Após interrogados, os presos declinaram os nomes de dois funcionários da empresa envolvidos com o bando. Nailton Sandro e Fábio Costa trabalhavam na empresa como auxiliar de estoquista. Os dois eram responsável em repassar aos comparsas o horário em que o funcionário levava o dinheiro da filial à matriz da empresa. Eles foram autuados por formação de quadrilha e porte ilegal de arma de fogo.