Polícia Civil se reúne com comunidades na região de Muaná no Marajó

 

A Polícia Civil, por meio da equipe da Delegacia de Muaná, na Ilha do Marajó, esteve, nesta sexta-feira (07), realizando uma ação do Projeto Delegacia Itinerante, na região. A equipe policial se deslocou ao Alto Rio Atuá, situado a cerca de 3h30 de distância da sede do município. Para efetuar o deslocamento, os policiais civis usaram uma lancha do tipo voadeira e uma rabeta, a fim de conhecer as demandas da região que faz fronteira com os municípios de São Sebastião da Boa Vista, Anajás e Ponta de Pedras.

Segundo o delegado Rodrigo Amorim, titular da Superintendência Regional do Marajó Oriental, a equipe policial se reuniu com um grupo de vítimas de um esquema de venda de certificados de conclusão do Ensino Médio descoberto nos últimos meses na cidade. Na época dos fatos, o professor José Pontes foi preso em flagrante pela Polícia Civil, acusado dos crimes.

A equipe policial prestou esclarecimentos à comunidade sobre o procedimento tomado nesse caso. Posteriormente, a equipe policial se reuniu com vítimas de outros delitos na região e, por fim, esteve em reunião com professores e lideranças locais para identificação de outros problemas na região.