Imagem peregrina do 19º Círio da Polícia Civil visita Unidade Integrada de Igarapé-Açu

 

Unidos em momento de fé por Nossa Senhora de NazaréA Unidade Integrada de Polícia de Igarapé-Açu, nordeste do Estado, recebeu, nesta sexta-feira, 11, a visita da imagem peregrina do 19º Círio da Polícia Civil em homenagem à Nossa Senhora de Nazaré. Foi a primeira unidade policial do interior do Pará a ter a presença de integrantes da comissão de servidores, coordenada pelo investigador Luiz Monteiro Junior, responsável pela programação do Círio da Polícia Civil deste ano. Desde o último dia 8, a Polícia Civil está realizando a peregrinação da imagem que vai visitar diversas Delegacias, Seccionais de Polícia, Departamentos da Segurança Pública e entidades sindicais de policiais civis na região metropolitana de Belém.

PARA VER MAIS IMAGENS CLIQUE AQUI

A peregrinação ocorrerá durante um mês e antecederá à procissão do Círio da Polícia Civil que é realizado, todos os anos, no último domingo de setembro. Ao longo da programação, a imagem é peregrina da Polícia Civil é levada a outros locais que não estão no roteiro da peregrinação. Foi o caso da visita à Unidade Policial de Igarapé-Açu.

Estiveram presentes servidores municipais da Prefeitura, servidores administrativos, policiais civis e policiais militares que trabalham na Unidade de Polícia, sob coordenação do delegado Augusto Damasceno; o superintendente regional da Polícia Civil, delegado Temmer Khayat; o capitão Roberto, da Polícia Militar no município, e a presença ilustre do prefeito do município, delegado Ronaldo Lopes. 

O capitão Roberto pediu a intercessão de Nossa Senhora de Nazaré para guardar as famílias de cada policial e que proteja cada policial para que possam desenvolver seus serviços, ao deixar suas casas diariamente para atuar em defesa da sociedade. 

Para o delegado Augusto Damasceno, "a visita da santa peregrina na Unidade Policial de Igarapé- Açu representa um momento de reflexão e de oração entre os policiais para que fortaleçam os laços existentes entre as Polícias Civil e Militar e para que todos consigam realizar os trabalhos de forma harmoniosa, com as graças de Nossa Senhora de Nazaré". Para ele, o momento da união dos policiais em torno de Nossa Senhora serve para levar à sociedade uma visão mais humanizada dos policiais.