Polícia Civil conta com nova Unidade Integrada Propaz em Sapucaia

 

O município de Sapucaia, no sudeste paraense, recebeu na quarta-feira (5) uma Unidade Integrada Pro Paz (UIPP), resultado de um investimento de R$ 1.134.131,00, feito pelo Governo do Pará. Segundo o secretário de Estado de Segurança Pública e Defesa Social, Luiz Fernandes, já são mais de 80 novas UIPPs no Estado. Com as reformadas e reestruturadas, o total chega a 120 unidades. O titular da Segup destacou que o mais importante não é a estrutura física, mas o conceito adotado pelo governo. “A UIPP é única no Brasil inteiro, e trabalha com o conceito da integração das polícias e das políticas públicas. A porta de entrada é o atendimento social, para ver se o caso precisa de intervenção policial ou de direcionamento de alguma política pública municipal, estadual ou federal. É importante esse trabalho de integração com a prevenção primária para evitar, principalmente, que nossas crianças e adolescentes entrem para o crime”, salientou.

Além do secretário de Segurança, a inauguração contou com a presença do secretário Regional de Governo do Sudeste do Pará, Jorge Bittencourt; do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Hilton Benigno, e do delegado-geral de Polícia Civil, Cláudio Galeno. Devido à estrutura da unidade contar com várias salas - como a de atendimento psicossocial, do Comando da PM, de escrivão e alojamentos -, o delegado-geral ressaltou que a UIPP garante melhoria no enfrentamento da criminalidade. “É uma estrutura de primeiro mundo, com sala de reconhecimento, computadores de última geração e, principalmente, um espaço específico para resolução de conflitos. A parceria com a Prefeitura, disponibilizando uma psicóloga, possibilita que os conflitos de menor potencial ofensivo (brigas, ameaças etc.) possam ser resolvidos aqui mesmo, no âmbito da delegacia. Isso traz para a Polícia Civil um melhor enfrentamento”, informou Cláudio Galeno.

Benefício para a tropa Sapucaia conta com oito policiais militares, incluindo o sargento Josevaldo Teles, que comanda a tropa. Ele explicou que a nova UIPP também vai possibilitar mais conforto aos policiais militares. “É uma estrutura muito boa. A guarnição vai ter mais agilidade e capacidade quando sair para o serviço. Inclusive, estamos com uma viatura nova, com ar-condicionado, para fazer a ronda ostensiva. É melhor para o policial atender bem a população”, destacou. O coronel Hilton Benigno esclareceu que uma das vantagens da UIPP é a realização do “ciclo completo da atividade policial, desde o planejamento, em que o comandante da Polícia Militar e o delegado, juntos, podem fazer a análise criminal dos casos na região e definir a melhor estratégia para o enfrentamento, bem como a execução e avaliação do processo”. 

Uma novidade da UIPP de Sapucaia será a emissão de carteira de identidade. O prefeito Marcos Venícius ressaltou a importância da parceria com o governo do Estado, que garantiu ao município outros benefícios, como sete quilômetros de asfalto e um veículo para o Conselho Tutelar. O gestor pretende levar o órgão de proteção à criança e ao adolescente para dentro da Unidade Integrada Pro Paz. “Tanto a Polícia Civil quanto a Militar vão ter um espaço maravilhoso para trabalhar e atender a população. Queremos trazer para dentro da UIPP o Conselho Tutelar e a identificação, que vai emitir carteira de identidade para a população”, acrescentou.

Batalhão De Sapucaia, a comitiva seguiu para Redenção, onde inaugurou o 7º Batalhão de Polícia Militar, um investimento de R$ 2.808.000,00. Atualmente, o BPM conta com 145 policiais, seis viaturas (incluindo a Patrulha Rural) e 12 motocicletas. O comandante do Batalhão, major José Ricardo Chaves, informou que a maior ocorrência no município é roubo de motos, mas pontuou que a maior parte dos veículos é encontrada pela PM na sede municipal de Redenção ou em cidades vizinhas.

Para o comandante de Policiamento Regional V, coronel Erick Fleming, o novo batalhão vai trazer mais comodidade aos policiais que servem no município. “Quem conhecia o antigo prédio via que os policias não tinham um espaço adequado. Agora, estamos em um prédio à altura de uma corporação que presta um serviço ímpar à sociedade, que é garantir a segurança pública”, afirmou. O secretário Jorge Bittencourt destacou que essas obras e outros benefícios, como a entrega das patrulhas rurais, resultam da ampliação do diálogo com a gestão municipal e a sociedade civil, garantido pelo Centro Regional de Governo.

“Com a implantação do Centro Regional, o governo do Estado fortaleceu esse diálogo, essa integração com as regiões sul e sudeste. Tanto em Sapucaia quanto em Redenção fizemos reuniões, como a que geraram demandas. Vale ressaltar que a patrulha rural foi uma demanda que, hoje, atende Redenção, Xinguara, Marabá e outros municípios, e surgiu em uma reunião com o setor produtivo e de segurança pública no Centro Regional, que cumpriu o papel de integrar e fortalecer o diálogo com as prefeituras e a sociedade civil”, avaliou. Durante a solenidade de entrega do prédio do Batalhão, cinco mulheres que trabalham na corporação há 25 anos receberam homenagens pelos serviços prestados.

Mais investimentos Sobre os investimentos na área de Segurança Pública, o secretário Luiz Fernandes disse que, atualmente, todos os policiais possuem armamento e coletes individuais, além da arma de uso coletivo, para enfrentar as grandes organizações criminosas. Segundo ele, houve reformulação da frota de veículos, e agora a PM possui mais de 1.700 veículos (entre os de 4 e 2 rodas) e um efetivo com mais de 2.600 policiais militares e mais de 600 policiais civis, possibilitando que todos os municípios disponham de policiais e delegados. O titular da Segup garantiu que não há municípios sem delegados, ressaltando que os investimentos promoveram ainda a valorização do policial, incluindo o pagamento aos praças do auxílio fardamento duas vezes ao ano e melhoria salarial para todos os policiais. Por Kelia Santos (Agência Pará/ Governo do Estado).