Polícia Civil convida para I Curso de Sobriedade promovido pelo Grupo Amor-Exigente em Belém

 

A Polícia Civil, em apoio ao Grupo Amor-Exigente, convida a todos a participar do I Curso de Sobriedade, que será realizado, no próximo dia 10 de junho, no Centro Magis Amazônia, localizado na Avenida Governador José Malcher, nº. 1.169, anexo à Paróquia de Nossa Senhora de Lourdes, bairro de Nazaré, em Belém. O curso terá como tema central a discussão sobre a recuperação de pessoas com dependência química. Resultado da parceria entre o Grupo Amor-Exigente Regional do Pará e a Federação de Amor-Exigente nacional, o evento será realizado de 8 horas da manhã ao meio-dia e de 14h às 18 horas.

É a primeira vez que o Pará terá um curso voltado à discussão da sobriedade e que vai envolver integrantes dos grupos que trabalham na ajuda às pessoas com dependência de drogas lícitas e ilegais, e as pessoas em geral. O evento terá também a meta de reestruturar e fortalecer o trabalho realizado pelos Grupos de Sobriedade que atuam dentro do Amor-Exigente.

Em todo Brasil, o Pará é referência no tema. "O Estado é o único no Norte do Brasil a ter o Grupo de Sobriedade", explica o escrivão da Polícia Civil do Pará, Marcelo Albuquerque, voluntário do Amor-Exigente. Entre os objetivos do Amor-Exigente está a divulgação das ações do programa voltadas à sensibilização das pessoas para que percebam a necessidade de mudar o rumo de suas vidas e do mundo a partir de si mesmas. O Grupo Amor-Exigente atua na auto e mútua ajuda e desenvolve preceitos para a organização da família. 

O Amor-Exigente age com base em 12 princípios básicos e éticos, por meio da espiritualidade e dos grupos de auto e mútua ajuda. Atua ainda como apoio e orientação aos familiares de dependentes químicos, e na prevenção como um movimento de proteção social.

NO PARÁ Atualmente, 37 voluntários atuam no Amor-Exigente no Estado do Pará, atuando na coordenação e no grupo de voluntariado. Existem cinco grupos de Amor-Exigente no Estado: três em Belém, um em Altamira e outro em Ponta de Pedras na Ilha do Marajó, com atuação na auto e mútua ajuda.

Além dos voluntários adultos, o Amor-Exigente no Pará conta com um grupo denominada Amor Exigentinho que é formado por crianças de 2 até 16 anos que atuam na prevenção da violência. No Pará, atuam ainda Grupos de Cônjuges com reuniões de 2 horas semanais com presenças de 100 famílias atendidas no Estado.

Em todo Brasil, são mais de 100 mil famílias atendidas pelo Amor-Exigente, que também está presente em outros países, como Israel, Uruguai e Paraguai. 

SERVIÇO Para participar do Curso, basta fazer a inscrição pelo e-mail inscricoesregionalnorte@gmail.com ou pelo telefone/whatsapp (91) 98874-8839 ou no local do curso. Outras informações pelos fones (91) 98971-4380 ou 91 99985-9525.