Polícia Civil cumpre mandado de prisão de acusados de roubo em Santa Cruz do Arari

 

A Polícia Civil prendeu, nesta segunda-feira (10), durante operação realizada nas cidades de Santa Cruz do Arari e Cachoeira do Arari, na Ilha do Marajó, em cumprimento de mandado de prisão, Enivaldo Pantoja de Oliveira, de apelido Nango, e Eder Barbosa Pantoja, de apelido Goiaba, acusados de assaltar um ponto comercial e agredir o proprietário do estabelecimento. A vítima Amarildo Pereira Pantoja foi socorrida. Os acusados já estão recolhidos à disposição da Justiça.

Os acusados foram presos durante ação integrada realizada por policiais civis das cidades de Santa Cruz do Arari e Cachoeira do Arari. Com base em inquérito policial instaurado na Delegacia de Santa Cruz do Arari, no último dia 28 de abril, os acusados tiveram as prisões preventivas solicitadas à Justiça.

Segundo o delegado Bernardo Diniz, de Santa Cruz do Arari, os dois foram até o estabelecimento comercial, localizado na vila do Mocoões, com a intenção de subtrair o dinheiro do caixa. No local, no momento do crime, os acusados foram avistados pela vítima que reagiu e acabou lutando com os assaltantes.

O comerciante acabou sendo agredido fisicamente. Diante dos fatos, a Polícia Civil instaurou inquérito policial e os autores do crime tiveram as prisões preventivas solicitadas à Justiça que deferiu os pedidos. Nesta segunda-feira, os acusados foram presos na cidade de Cachoeira do Arari.