Polícia Civil desarticula pontos de tráfico de drogas nas cidades de Brasil Novo e Medicilândia

DROGAS E OBJETOS APREENDIDOS EM MEDICILÂNDIA

 

APREENSÕES EM BRASIL NOVOTrês pessoas foram presas em flagrante, nesta quarta-feira (05), em dois locais de tráfico de drogas, nas cidades de Brasil Novo e Medicilândia, região do Xingu, sudoeste do Pará. As informações foram divulgadas pela Superintendência da Polícia Civil na região do Xingu. Em um dos casos, foi preso o casal Tânia Monorrete de Oliveira Macedo e Romário Gomes dos Santos, responsáveis por um ponto de venda de entorpecentes, em Brasil Novo.

As prisões foram realizadas no Residencial Martins, situado no bairro da Torre, onde os acusados cometiam a venda de drogas. O flagrante resultou de cerca de uma semana de investigações. Com base nas informações obtidas durante a apuração do crime, policiais civis do município em conjunto com policiais militares de Altamira realizaram incursão na área e prenderam os acusados. 

Segundo informações recebidas pelos policiais, Tânia era responsável em supervisionar a venda de drogas, enquanto que Romário era quem realizava as vendas de drogas em um bar situado no local. As investigações continuarão em relação à possível participação de outra pessoa no crime. Os dois foram autuados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. 

MEDICILÂNDIA No outro flagrante, Matheus Costa Alves foi preso no momento em que traficava drogas em Medicilândia. A prisão dele foi realizada enquanto a equipe da Delegacia do município investigava um ponto de venda de drogas na cidade. Já conhecido por atuar como traficante na região, Matheus já havia sido preso por tráfico de drogas e foi colocado em liberdade por decisão judicial há cerca de um mês. Ao voltar à vida normal, ele novamente se envolveu com o tráfico de drogas. 

Desde o retorno do acusado à venda de drogas, explica o delegado Walison Damasceno, titular da Superintendência Regional do Xingu, investigações e levantamentos foram realizados para apurar a prática criminosa. Assim, durante as investigações, a equipe da Polícia Civil de Medicilândia flagrou o acusado e desmontou o ponto de venda de drogas. No local, mais de 100 gramas de maconha foram apreendidos. O acusado foi autuado em flagrante e novamente preso à disposição da Justiça.