Polícia Civil do Pará recebe medalha do Mérito Evangélico Daniel Berg e Gunnar Vingren na Alepa

SOLENIDADE REALIZADA NA ALEPA

 

CORREGEDOR-GERAL RAIMUNDO BENASSULY RECEBE MEDALHAPOR LUIZ CLÁUDIO OLIVEIRA (ASCOM POLÍCIA CIVIL/PA) A Polícia Civil do Pará foi condecorada, nesta segunda-feira (10), em sessão solene alusiva aos 108 anos da Assembleia de Deus, realizada na sede da Alepa (Assembleia Legislativa) em Belém. O corregedor-geral da Polícia Civil, delegado Raimundo Benassuly, recebeu a medalha do Mérito Evangélico “Daniel Berg e Gunnar Vingren”, representando o delegado geral Alberto Teixeira. A comenda foi conferida por requerimento de autoria do deputado estadual Raimundo Santos às Instituições que se destacaram na realização de serviço de cunho evangelístico, com notáveis reflexos em favor da sociedade. O evento ocorreu no plenário Newton Miranda da Assembléia Legislativa do Estado do Pará (Alepa).

Para o corregedor-geral, esse momento é muito importante para a instituição Polícia Civil. "É um reconhecimento do trabalho desempenhado pelo delegado-geral Alberto Teixeira à frente de toda sua equipe, cujo trabalho foi iniciado em janeiro deste ano”, explica o delegado, que também é membro da Assembleia de Deus. O delegado Raimundo Benassuly destaca que, durante o ano, a Polícia Civil tem obtido muitas conquistas, por meio de ações investigativas e operacionais, que resultaram nas prisões de traficantes e milicianos. "Essa comenda que a Polícia Civil do Pará está recebendo nada mais é que a constatação e demostração ao reconhecimento do trabalho realizado pela diuturnamente", ressalta.

SAMUEL CÂMARAPara o presidente da Assembleia de Deus do Pará, pastor Samuel Câmara, a instituição é um patrimônio de Belém do Pará, pois é a única igreja nascida na capital. Ele ressalta que receber a homenagem outorgada pela Assembleia Legislativa do Pará (Alepa) e condecorar todo ano com a medalha do Mérito Evangélico “Daniel Berg e Gunnar Vingren” autoridades do Estado, é uma honra. Para ele, a instituição Polícia Civil, assim como outros órgãos de segurança pública, são importantíssimos para o trabalho social que a igreja realiza no combate às vulnerabilidades sociais de cada ser humano.

DEPUTADO RAIMUNDO SANTOSSamuel Câmara acrescenta que "a igreja tem orado cotidianamente pelas autoridades, dentre elas, as de segurança pública, pela vida dos membros policiais civis, à família deles, de um modo geral, para que os órgãos da segurança pública continuem a desempenhar um bom trabalho e venham a reprimir o crime”. "As lideranças da Assembleia de Deus vivem em prol da obediência à segurança pública", finaliza.

Segundo o deputado estadual Raimundo Santos, a programação em comemoração aos 108 anos da Assembleia de Deus é uma solenidade que envolve não só a igreja, mais toda a sociedade, em reconhecimento ao dever que uma instituição religiosa desenvolve independentemente das classes sociais, credo religioso, etnias, etc. O evento contou com as apresentações culturais, dentre elas, coral das mulheres da Assembleia de Deus, coral dos idosos, e vídeo institucional sobre o história da Assembleia de Deus no Brasil e no Mundo, além do coral e orquestras da Assembleia de Deus de Belém.