Polícia Civil mandado de prisão por sentença condenatória de envolvido em assaltos a bancos no Pará

 

A Polícia Civil prendeu, neste sábado (13), em cumprimento a mandado de prisão por sentença condenatória, Fabrício José Vasconcelos dos Santos, conhecido por Vasco ou Vascão, em Castanhal, nordeste paraense. Policial Militar reintegrado à corporação via judicial como cabo PM, o preso foi condenado pela Comarca Judiciária de Concórdia do Pará pelos crimes de roubo duplamente qualificado e associação criminosa, com a expedição de mandado de prisão para início de cumprimento de pena em regime fechado. Assim, policiais civis da Delegacia de Repressão a Roubos a Banco e Antissequestro (DRRBA), da DRCO (Divisão de Repressão ao Crime Organizado), iniciaram diligências para descobrir o paradeiro do acusado.

Os policiais civis localizaram Vasco em uma residência no bairro da Saudade, em Castanhal. Vasco é cabo da Polícia Militar e foi preso em decorrência da participação ativa em ações de assalto a banco na modalidade conhecida como “vapor” ou "novo cangaço” ocorridas nos municípios de Concórdia do Pará e Moju no ano de 2016.

Além disso, ele é investigado em diversos inquéritos policiais referentes a ações de furto com arrombamento em agências bancárias, bem como por associação criminosa.

O preso foi ser excluído dos quadros da Polícia Militar, no entanto, foi reintegrado há poucos meses através de uma decisão judicial. Ele já foi encaminhado ao CRECAN (Centro de Recuperação Coronel Anastácio das Neves) e já se encontra à disposição da Justiça.