Polícia Civil prende acusado de estupro de vulnerável em Santa Cruz do Arari

Santa Cruz do Arari

 

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Santa Cruz do Arari, no Marajó, prendeu, nesta terça-feira (12), em cumprimento a mandado de prisão expedido pela Justiça, João Otávio de Araújo Alves Junior, acusado do crime de estupro de vulnerável. A vítima é uma menina de 13 anos, enteada do acusado. A prisão foi realizada por policiais civis do município. A investigação foi iniciada com uma denúncia anônima formulada ao Conselho Tutelar da cidade, que registrou o Boletim de Ocorrência na Delegacia.

Diante da informação, o delegado titular da Delegacia de Santa Cruz do Arari, Bernardo Araújo Diniz, instaurou inquérito para averiguar os fatos. Durante as investigações, a equipe de policiais civis identificou o autor do crime. Após isso, o delegado solicitou à Justiça a decretação da prisão preventiva do acusado. A ordem de prisão foi deferida pela Vara Única de Cachoeira do Arari que responde pela comarca de Santa Cruz do Arari. De acordo com o delegado, João Otávio de Araújo Alves Junior teria por diversas vezes abusado sexualmente da vítima. 

O policial civil ressalta que o combate aos crimes sexuais contra crianças e adolescentes na região é uma das prioridades da Polícia Civil. "A incidência do crime de estupro de vulnerável na Ilha do Marajó é algo que chama atenção das autoridades. Razão pela qual, tem sido dado tratamento especial à apuração desses crimes", destacou. A prisão contou com atuação da equipe formada pelo escrivão Ivo e investigadores Wallax e Miguel, sob coordenação do delegado Bernardo Diniz.