Polícia Civil prende em Marabá acusado de cometer roubos no Pará e no Maranhão

Delegacia da Cidade Nova em Marabá

 

A Polícia Civil prendeu em cumprimento a mandado de prisão preventiva, em Marabá, sudeste paraense, João Batista Cunha da Silva, 43 anos, acusado de roubo. A prisão foi realizada por policiais civis da Delegacia do núcleo Cidade Nova em parceria com o Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) de Marabá. A ordem de prisão foi expedida pela Comarca Judiciária de Rondon do Pará. João Batista é apontado como autor de assalto no município. Conhecido como Batistinha, ele também é suspeito de participar de um assalto a banco, na modalidade conhecida como "sapatinho", na cidade de Itinga, no Maranhão.

Segundo o investigador Josimar Ribeiro, ele foi preso durante investigações realizadas pela equipe policial por determinação do delegado Luiz Otávio Barros, da Delegacia da Cidade Nova, em Marabá. A ordem de prisão foi expedida pelo juiz Gabriel Costa, de Rondon do Pará.

Conforme o investigador, o preso tem diversas passagens pela Polícia por envolvimento em roubos. Uma das especialidades do acusado é o roubo de joias. "Ele é suspeito de, pelo menos, seis roubos desse tipo em Marabá e região", explica. Após passar por exame de lesão corporal, o preso foi transferido para o presídio regional em Marabá para ficar recolhido à disposição da Justiça.