Polícia Civil recebe homenagens durante solenidade promovida pelo Poder Judiciário em Santarém

JUIZ GABRIEL VELOSO DE ARAÚJO ENTRE OS DELEGADOS GERMANO DO VALE E DMITRI DIÓGENES. FOTOS: LEANDRO SANTANA (ASCOM PCPA)

 

A Polícia Civil do Pará foi homenageada, nesta quarta-feira (11), durante solenidade alusiva aos 10 anos de instalação da 3ª Vara Criminal Privativa do Tribunal do Júri, em Santarém, no oeste do Estado. As homenagens foram destinadas aos delegados Germano Geraldo Carneiro do Vale e Dmitri Teles Esmeraldo Diógenes que receberam Diplomas de Honra ao Mérito em reconhecimento pelos trabalhos desempenhados quando estiveram à frente da Delegacia de Homicídios da Região do Baixo Amazonas. As comendas foram outorgadas pelo juiz Gabriel Veloso de Araújo para um total de 25 personalidades.

DELEGADO JAMIL CASSEB ENTRE OS DELEGADOS HOMENAGEADOSDe acordo com o superintendente da Polícia Civil do Baixo Amazonas, delegado Jamil Farias Casseb, a homenagem é muito importante, pois marca a parceria entre a Delegacia de Homicídios e a Vara do Tribunal do Júri. "Isso é fundamental para a realização da Justiça em Santarém", salienta.

Em dez anos, cerca de 700 processos foram levados a Júri Popular em Santarém, e por consequência, centenas de processos de crimes como tráfico de drogas foram julgados nesse período pela 3ª Vara Criminal Privativa do Tribunal do Júri. Atual diretor da Seccional de Santarém, o delegado Germano do Vale foi diretor da Delegacia de Homicídios da região, de agosto de 2014 até fevereiro de 2018, e, dessa forma, é até hoje, o delegado que teve mais tempo à frente da DH no município.

O delegado Dmitri Diógenes está no NAI (Núcleo de Apoio à Investigação de Santarém), e também foi diretor da Delegacia de Homicídios, que é vinculada à Seccional Urbana de Santarém. "O trabalho desenvolvido pela Delegacia de Homicídios segue as diretrizes e estratégias traçadas pela Superintendência e pelo delegado-geral da Polícia Civil, Alberto Teixeira", ressalta o delegado Jamil Casseb.