Policiais civis apreendem arma que estava em poder de caseiro em Rurópolis

 

Uma operação denominada de “Bom Sossego”, desencadeada pela Polícia Civil, resultou na apreensão de uma arma de fogo e munições, em Rurópolis, sudoeste paraense. A arma era utilizada por um caseiro que se recusava a sair da fazenda onde trabalhava após ser demitido pelos seus patrões, um casal de idosos e assim colocava em risco a vida do casal e dos moradores da área.

Segundo o delegado Ariosnaldo da Silva Vital Filho, responsável pela operação, após conhecimento da situação, ocorrida na fazenda “Bom Sossego”, localizada no Travessão da Cachoeira, uma equipe de policiais civis foi até o local, onde a arma - uma espingarda calibre 20 - e vários cartuchos de espingarda do mesmo calibre foram apreendidos.

O suspeito fugiu do local, no entanto, no mesmo dia, ele - Rosenildo Bispo da Silva - se apresentou na Delegacia do município e se colocou à disposição da Polícia para esclarecimentos.

Estiveram em atuação na operação policial os investigadores Alexandre Ripper, Ramon Aran e Thiago Peres e o escrivão Gustavo Castro. As ações policiais realizadas pela Polícia Civil de Rurópolis contam com a supervisão da Superintendência Regional de Polícia Civil do Tapajós, sob coordenação do delegado Vicente Gomes.