Primeira Sala Lilás do Pará é entregue no município de Marituba

 
Por Cristiani Souza (ASCOM PCPA) A parceria entre o governo do Estado e a Prefeitura de Marituba possibilitou a instalação da primeira Sala Lilás no Pará, para o imediato acolhimento às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. Sediada na Seccional de Marituba e inaugurada na manhã desta terça-feira (24), o local tem capacidade para realizar de 10 a 12 atendimentos por dia e contará com profissionais capacitados. 
 
"Estamos preparados para atender todas as mulheres vítimas de violência doméstica e familiar que se encontrem receosas com a sua segurança física e psicológica. Aqui, elas terão atendimento padronizado que a gente já utiliza nas Delegacias da Mulher, com atendimento psicossocial e orientação, e o encaminhamento dela pra todas as redes de apoio" - Fernanda Marinho, delegada titular da Sala Lilás
 
A primeira Sala Lilás do Pará é mais uma ferramenta que a mulher terá no combate à violência. A Polícia Civil já estuda a implementação de novas unidades em diversos municípios do Estado.
 
"A Polícia Civil tem esse dever de dar maior acolhida para as mulheres vítimas de violência. E nós estamos aqui pra dar apoio e fazer o cumprimento da legislação que determina que elas sejam atendidas de forma específica e com o respeito", destacou o delegado-geral Alberto Teixeira.
 
"A gente tinha muita dificuldade para fazer qualquer tipo de denúncia. Tenho relatos de pessoas que precisaram se deslocar pra outro município para denunciar violência contra mulheres. Hoje, temos esse apoio dentro do nosso município. É a realização de um sonho" - Median Barbosa, líder do Movimento Todos Por Todas.
 
O espaço conta com sala de espera, brinquedoteca e sala de acolhimento, em ambiente isolado dos demais serviços da polícia.
 
"Pedimos audiência com o governador acerca da necessidade da Sala Lilás, e ele fez com que o município de Marituba avançasse nessa instalação, nos possibilitando ter condições de atender mulheres que são vítimas de violência. O próximo passo agora é termos uma Delegacia da Mulher. Gostaria de agradecer ao governador Helder Barbalho que tem olhado com carinho para as demandas de Marituba e é por isso que as coisas tem acontecido, e agradecer ao secretário de Segurança, delegado-geral e todos que estiveram juntos conosco, acreditando que isso poderia realmente acontecer", ressaltou o perfeito de Marituba, Mário Filho.
 
A Sala Lilás é considerada um "braço" da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher, que atua com 17 unidades no interior do Estado e duas na Região Metropolitana de Belém.
 
"O espaço é apropriado, com profissionais da área, como psicólogos, assistentes sociais, delegados, escrivães e investigadores, que tem treinamento para esse atendimento, diferente da seccional que atende o dia a dia da população e não é especializada. Nós já temos aqui um princípio dessa especialização nessa delegacia com um atendimento diferenciado, para que posteriormente se transforme numa Deam com uma estrutura maior", relatou o secretário de Segurança Pública, Ualame Machado. 
 
A Fundação ParáPaz, representada no evento pela presidente Ray Tavares, é a principal parceira da Polícia Civil na Sala Lilás e também acolhe mulheres vítimas de violência no Pará por meio de Polos Integrados às Delegacias da Mulher.
 
Serviço: A nova Sala Lilás está localizada na Rua Cláudio Barbosa da Silva, 271 – Centro, em Marituba. As mulheres vítimas de violência podem procurar qualquer unidade policial para formalizar a denúncia ou ligar 180.