Polícia Civil prende em flagrante autor de latrocínio em Tucuruí

 

A Polícia Civil prendeu em flagrante David Dias, acusado da autoria de latrocínio (roubo seguido de morte) contra Rosilene Costa de Sousa. O crime se registrou na noite de domingo. A prisão foi realizada por policiais civis da Seccional Urbana de Tucuruí com apoio da Superintendência Regional de Marabá. Segundo apurado pelo delegado responsável pelas investigações, Sandro Rivelino da Silva Castro, Rosilene e David Dias mantinham um relacionamento amoroso havia aproximadamente dois meses. Na madrugada de domingo, 18, depois que os dois saíram juntos de uma festa, em Tucuruí, o casal teve uma discussão motivada por ciúmes, que culminou no assassinato de Rosilene.

O corpo da vítima foi encontrado por volta das 7 horas, com um golpe de faca no pescoço e jogado de uma ribanceira no km 12, da rodovia BR- 422 (Transamazônica), que liga os municípios de Tucuruí e Novo Repartimento. Diante das informações preliminares e da análise do local do crime, a Polícia Civil verificou que o veículo da vítima, celular e outros pertences, haviam sido levados pelo autor do crime. As características do veículo e a qualificação do autor foram repassadas para a PM e para as Delegacias da região.

Familiares e amigos da vítima também utilizaram uma rede social para divulgar dados do carro utilizado na fuga. Por volta das 9 horas de domingo, o delegado recebeu a informação que o veículo teria sido visto na cidade de Marabá, nas proximidades de um hotel. O delegado Sandro Rivelino entrou em contato com o superintendente Regional de Marabá, delegado Ricardo do Rosário, que disponibilizou uma equipe policial, formada pelo delegado Carlos Eduardo Viera, investigadores Frailan e Julio Cesar, para seguir ao local para efetuar a prisão do acusado. O delegado Sandro Rivelino acrescentou que foi se suma importância o pronto atendimento dos policiais da cidade de Marabá e o empenho na localização do suspeito.