Polícia Civil prende homem em flagrante pelo crime de apropriação indébita qualificada, em Belém

 

A Polícia Civil, por meio da 1ª Seccional Urbana da Sacramenta, deflagrou, na tarde desta segunda-feira, 28, a Operação Telecom II, com o objetivo de prender em flagrante um homem pelo crime de apropriação indébita qualificada, em Belém. 
 
De acordo com o Código Penal Brasileiro, apropriação indébita qualificada acontece quando alguém guarda para si coisa alheia para comercializar ou obter vantagem econômica com ela.
 
Segundo a equipe policial, o funcionário de uma empresa de telecomunicação estava apropriando-se indevidamente do material cedido para a realização do seu ofício. Em vez de devolver o material, o funcionário se apropriava e revendia para provedores de internet clandestinos. 
 
A equipe de policiais civis da Sacramenta, conseguiu apreender cerca de 9,6 mil metros de cabo de fibra ótica, seis Optical Network Terminals, gerando um prejuízo de trinta mil reais. 
 
Após todas as medidas cabíveis, funcionários da empresa compareceram para recuperar o material da empresa e o homem se encontra à disposição da justiça.