Polícias Civil e Militar apreendem 9 armas ilegais em Jacareacanga

Armas apreendidas

As Polícias Civil e Militar apreenderam, nos últimos seis meses, nove armas de fogo, durante operações integradas, no município de Jacareacanga, oeste do Pará. Os dados foram divulgados, nesta quarta-feira, 5, pelo delegado Lucivelton Ferreira dos Santos, titular da Delegacia da região. As apreensões ocorreram durante ações policiais na sede e área rural do município. Foram seis armas curtas e três espingardas e munições. Entre as apreensões estão dois revólveres calibre 38 e um rifle do tipo carabina calibre 38, além de munição, encontrados com Alexandre Jesus Martins, que foi autuado por posse ilegal de armas de fogo.  

 
Alexandre Martins e um garimpeiro trabalhavam dentro de uma reserva indígena denominada de Aldeia Rio das Tropas, localizaa cerca de três dias de viagem por meio de lancha, do tipo voadeira. Após a ação dos indígenas, que expulsaram os garimpeiros, Alexandre Martins ameaçou os indígenas. Por orientação do delegado, os índios ficaram monitorando a chegada de Alexandre Martins. Após denúncia de que Alexandre Martins estava com as armas, os policiais foram ao local e o prenderam em flagrante. 
 
Outra apreensão de arma de fogo ocorreu com a prisão em flagrante de José Amilton de Freitas, de apelido "Fininho"; Bruno Bueno de Sousa e Alexandre Jesus Martins, conhecido como "Tubaína". O primeiro foi preso com um revólver calibre 38. Já o segundo estava com uma pistola marca bereta calibre 22. O delegado Lucivelton Ferreira dos Santos com ajuda do investigador Israel dos Santos Araujo autuou os acusados pelo crime de posse de arma de fogo. Outras ações policiais para desarmamento estão sendo realizadas na região visando manter a segurança e a tranquilidade na área.